Comentando - Angelina Jolie


Ontem foi publicada uma carta da atriz Angelina Jolie no New York Times que com certeza chocou e emocionou muita gente.

Para quem ainda não leu a reportagem, clique AQUI

Angelina descobriu que tinha 87% de chance de ter câncer de mama por possuir um gene herdado de sua mãe, que lutou contra um câncer por 10 anos.
Então decidiu fazer uma mastectomia reduzindo para apenas 5% sua chance de ter a doença.
O processo todo durou 3 meses, e foi feito em etapas.
E por ainda não ter a doença, os médicos conseguem poupar o bico do seio, em um processo relatado por ela extremamente doloroso.
Depois foi feita a mastectomia e então os implantes.

Eu chorei lendo o relato...

Mas apesar de ser admirável a atitude dessa mulher, eu penso que 87% de chance é praticamente certeza que ela teria a doença.

Então haveria outra alternativa?

Claro que ela teve suporte dos melhores médicos do mundo e que com certeza depois dos implantes, ficará esteticamente ainda mais bonita. 
Mas uma cirurgia dessas deve ser difícil demais. Além de ser super séria e delicada, envolve o emocional, a auto estima e o medo. Pois por mais dinheiro e suporte que ela tenha, riscos de uma hemorragia ou infecção, qualquer pessoa pode ter.

Dormi ontem pensando nela e nos filhos e em quantas mulheres próximas que conheço e já tiveram câncer de mama.

Eu tenho muito medo de ter. Na verdade tenho medo de ter até uma virose depois que tive as meninas. E por estar com 37 anos já vou começar a fazer os exames preventivos todo ano. Meu GO há poucos dias me pediu um ultrassom de mama por ser menos invasivo por eu ainda ter um pouco de leite, fizemos o exame de toque onde só de apalpar o médico consegue encontrar nódulos ou carocinhos,  e a partir do ano que vem farei mamografia.

Acho que vale o alerta que a prevenção pode salvar muitas mulheres dessa doença horrível que infelizmente é um dos tipos de câncer mais comuns.

E que Deus proteja todas nós mulheres e dê a Angelina anos e anos de vida para poder cuidar com todo amor de seus 6 filhos, e continuar ajudando todas as crianças carentes pelo mundo nos inúmeros projetos voluntários em que ela está engajada.

Parabéns Angelina!

| Categorias: ,

6 comentários:

  1. Ana Paula Chacon15 de maio de 2013 09:33

    Realmente, emocionante esse post!!! Parabéns a Angelina pela coragem! Como vc disse, depois q nos tornamos mães, o medo de termos alguma doença q nos impossibilitaria de cuidar de nossos filhos é apavorante! Temos q nos cuidar, mas que Deus nos proteja tb!!! Bjss

    ResponderExcluir
  2. Katia, excelente post! É muito bom sempre lembrar as mulheres do quanto é importante a prevenção, qualquer mínimo sintoma deve ser investigado. Perdi minha mãe pro câncer (leucemia) qdo ela tinha 43 e eu 11. Conheci há uns três anos no consultório do meu ginecologista uma mulher que fez esse mesmo procedimento que a Angelina aqui em Niteroi. Me assustei no início com a ideia, mas hoje, sendo mãe, eu não pensaria duas vezes se um médico me recomendasse!
    Bjos em vc e nas meninas
    LuizaG ,a mãe da helena

    ResponderExcluir
  3. Sabe que na minha família teve alguns casos, perguntei para um oncologista meu conhecido e ele me disse que na verdade esse procedimento nao adianta muito porque nao há como retirar totalmente, entao se fica alguma celulazinha, é ali que pode dar problema, enfim. Reduz as chances de ter a doenca, mas nao impede. Bjs, Re.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom mesmo seu post,,também chorei lendo a entrevista da Angelina
    Parabéns pelo site

    ResponderExcluir
  5. Eu discordei totalmente da atitude dela. Risco todos nos temos...meu pai teve cancer no intestino, que eh altamente hereditario..nem por isso vou retirar meu intestino, e sim cuidar para ter uma alimentacao 100% saudavel, atividade fisica, exames periodicos e maiormente fe em Deus que nao permita que eu tenha essa doenca. Peco saude a Deus todos os dias para conseguir criar minha filha Marina, que hoje tem apenas 5 meses. Ela retirou o seio, mas existem outros nao sei quantos orgaos que podem ser atacados. Na verdade nao podemos ser tao pro ativos assim quando se trata da nossa vida..essa eh a minha opiniao. Tenho pena dela por essa atitude tao agressiva contra a si mesma. Bjoss meninas!

    ResponderExcluir
  6. Ola Katia, sou sua super follower!! Moro na California sou casada e mae de um baby de 1 ano. Gostei mto do seu post, pois retratou o caso da Angelina sem julgamentos preconceituosos e levantou varios questionamentos sobre esse assunto. Pois bem, resolvi postar aqui pois vejo que infelizmente como as pessoas que citam "Deus"julgam o outro sem realmente conhecer tal causa, vejo absurdos postados do Brasil no facebook em relacao a isso. Escrevo para dizer qye eu TAMBEM farei minha mastectomia preventiva assim que eu completar 40 anos.Ja operei meus dois seios 5 vezes, a primeiro foi ao 15 anos... pois tenho fibroadenoma e cistos como cachos de uva, minha mae teve cancer de mama, minha avo materna faleceu de cancer de utero, minha avo paterna teve cancer de mama tb e euuuuu obviamente tenho chances de desenvolver a maldita doenca. Fiz exames e realmente constatou que tenho meu gene problematico, possuo o marcador genético BRCA1.Qdo soube disso, fiquei arrasada. Na epoca meu bebe nao tinha nem 1 ano e minha ultima cirurgia para retirar outro cisto foi em Janeiro desde ano. Agora me pergunto, sera que o "meu Deus" e tao injusto comigo? Justo eu, pq eu? Nunca transgredi, lutei para amamentar meu filho, nao bebo, nao fumo!! Como assim???? Entao pessoal, digo aqui e vejo o quanto existe hipocrisia, falta de informacao cientifica, julgamentos inadequados e senso comum nessa nesses julgamentos. Nao pensei duas vezes, e farei essa cirurgia sim, sabem por que??? Embora na vida nada e certo, farei essa cirurgia sim, pq quero ver eu filho crescer, quero curtir CADA MINUTO ao lado dele e do meu marido, dos homens da minha vida! Peco ao meu Deus tb que me de forcas, coragem para isso! Realmente a mastectomia preventiva nao deixa de ser uma agressao a parte mais feminina da mulher, mas ao faze-la existe toda uma preparacao no antes e pos, psicologos, fisioterapeutas ao seu lado. E digo mais, o Brasil esta anos luz na frente na medicina do que aqui, nos Estados Unidos. A forma q a midia expos o caso da Angelina foi bem leviana e o q me espanta a falta de empatia das pessoas. Realmente nada nessa vida e certo, mas julgar um procedimento sem conhecer o historico de uma pessoa, independente de ser celeb ou nao, poxa.... E por favor, nao tenham pena da Angelina Jolie e de outras mulheres que fazem essa operacao, pois so quem a teve, so quem tem historico de desenvolver essa doenca maldita nao e digno de pena e sim e merecedora de um abraco carinhoso e de um olhar ou uma voz dizendo: "Vai ficar tudo bem"! Que o Deus misericordioso nos abencoe! Grande abraco, Caca.

    ResponderExcluir

 
Minhas diKAs Baby © Copyright 2011 | Design por Katia Ouang. Codificado por Delikka.